skip to Main Content
Menu
Sancerre

Sancerre

Visita breve à região de Sancerre (Loire) para visitar produtores e também para nos inteirarmos da produção de barricas. Começámos por visitar a floresta dos carvalhos e perceber o que se abate, como se repõe e quem manda na floresta.
Depois, na tanoaria do grupo Charlois (que convidou os jornalistas), todas a incontáveis fases por que passa a madeira até chegar a ser uma barrica.

O fabrico de uma barrica é a soma de muitas operações, a exigirem muita prática. São caras? Nem tanto..

 

em casa de um produtor de Sancerre

E para alimentar o gosto, visitámos três produtores numa zona (Sancerre) onde imperam os brancos de Sauvignon Blanc e os tintos de Pinot Noir. E como os franceses comem os queijos com brancos, ficámos instalados na pequena aldeia de Chavignol, onde tem origem um pequeno queijo de cabra de fama nacional: o Crotin de Chavignol. Bem bom…

Provar Pinot Noir em terras de Sauvignon Blanc. Em Sancerre é assim.

 

Raspar silex e cheirar, à descoberta da mineralidade no vinho. Aqui com Diogo Lopes, enólogo (centro) e Pedro Garcias, jornalista (à direita)

 

Grupo de jornalistas (uns felizardos) que foram visitar a região de Sancerre e a tanoaria Berthomieu

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back To Top
×Close search
Search